Header AD

10 filmes com trilhas que me encantaram


O cinema é uma forma de expressão que nos atinge das mais variadas maneiras. É comum nos apaixonarmos por uma história ou por personagens de um filme, podemos também nos apaixonar pela maneira que uma cena é filmada ou por uma fotografia bem executada, mas se existe um fator diferencial para motivar minha paixão instantânea por um filme é sua trilha sonora.

Eu poderia trazer aqui uma lista com trilhas clássicas como as de John Williams (a minha preferida é a de Jurassic Park) ou as compostas pelo mestre Ennio Morricone, tão caras ao gênero Western, ou mesmo filmes com músicas tema inesquecíveis como a de O Poderoso Chefão (The Godfather, 1972) ou Casablanca (1942), mas essas todo mundo já conhece, então decidi lembrar 10 filmes mais recentes que me fizeram passar dias e dias ouvindo sua trilha sonora após assisti-lo, mas também trilhas que funcionaram muitíssimo bem para cada filme, seja ela original, feita especialmente para o filme ou não.    

Vamos a lista:

Na Natureza Selvagem
(Into the Wild, 2007)


Pra começar nada melhor do que uma trilha que praticamente já se transformou em clássica. Quando vi Na Natureza Selvagem confesso que nunca havia parado pra ouvir Pearl Jam, foi por causa do filme que fiquei conhecendo melhor o som da banda, já que a trilha foi composta e executada belamente por seu vocalista Eddie Vedder. As músicas, às vezes melancólicas às vezes esperançosas, somadas à voz do músico, foram fundamentais para dar o clima errante que o filme traz.

Ouça a trilha completa aqui.

Coração Louco
(Crazy Heart, 2009)


A primeira trilha dessa lista que é parte intrínseca do próprio filme. Coração Louco é basicamente sobre um decadente cantor americano de música country e quem me conhece sabe que sou apaixonado pela música feita no sul dos EUA e esse foi o primeiro passo para eu amar a trilha deste filme. O segundo motivo é a surpreendente interpretação de Jeff Bridges que lhe rendeu um Oscar e um Globo de Ouro de melhor ator naquele ano. A voz do ator é espetacular, como você pode conferir aqui em cima, e não se distancia em nenhum momento da voz de um autêntico músico sulista. A trilha conta ainda com a faixa The Weary Kind, interpretada por Ryan Bingham, e também vencedora de um Oscar e um Globo de Ouro na categoria Melhor Canção Original. 

Ouça a trilha completa aqui.  


(The Broken Circle Breakdown, 2012)


Provavelmente a trilha que mais tempo passei escutando dessa lista (escuto ainda hoje). Curiosamente Alabama Monroe, apesar de ser um filme belga, traz a história centrada em músicos de uma banda de bluegrass, um subgênero do country americano que utiliza apenas instrumentos acústicos. Todas as músicas foram realmente cantadas e tocadas pelos atores que, claro, também são músicos e são novas interpretações de músicas tradicionais do gênero, com arranjas criados pelo músico Björn Eriksson. A trilha, assim como o filme, é de cortar o coração.

Ouça a trilha completa aqui.


(Inside Llewyn Davis, 2013)


Pra completar o momento fanboy de música country e folk uma trilha que comecei a escutar antes mesmo de ver o filme e já me apaixonei logo de cara. Além disso, foi uma feliz surpresa escutar a voz de Oscar Isaac, que interpreta um músico decadente (outro) e infeliz, soar incrivelmente bela ao cantar músicas clássicas do cancioneiro folk americano.

ouça a trilha completa aqui.

(The Perks of Being a Wallflower, 2012)


Aqui uma trilha composta não por musicas originalmente feitas para o filme, mas de um compilado de canções que se encaixam incrivelmente bem ao tom do filme. Músicas de bandas que vão desde Sonic Youth, passando por New Order e The Smiths, e claro, quem não se lembra da emocionante sequência do túnel ao som de Heroes do glorioso David Bowie?

Ouça a trilha completa aqui.


(2007)


Uma trilha sonora que dá vontade de abraçar. Repleta de músicas leves e bonitinhas que enriquecem o clima do filme, a trilha de Juno soa como passarinhos cantando dentro da sua cabeça. Impossível não se apaixonar.  

Ouça a trilha completa aqui.

(Her, 2013)


Criada pela banda Arcade Fire especialmente para o filme, a trilha sonora de Ela encaixa perfeitamente no teor melancólico e ao mesmo tempo esperançoso trazido pelo filme. Com músicas delicadas e apesar de ser sim uma trilha romântica, jamais chegam a ser piegas ou seguir os clichês das trilhas do gênero. Moon Song, que você pode ouvir acima na bela voz de Scarlett Johansson, concorreu ao Oscar de melhor canção original, perdendo injustamente para a famigerada Let it Go.

Ouça a trilha completa aqui.

(It Follows, 2014)


Se existe um gênero cinematográfico que necessita de uma boa trilha sonora como nenhum, esse gênero é o terror. A trilha é fundamental para a criação de uma ambiência de suspense e em Corrente do Mal ela faz este papel de uma forma sublime. As faixas, compostas por Disasterpeace (que também cria músicas para games), são todas completamente instrumentais e feitas através de sintetizadores e cliques eletrônicos tomando um ar retrô que, assim como o filme, remete bastante aos anos 80.

Ouça a trilha completa aqui.

(Under the Skin, 2013)


E por falar em criação de clima aqui está outra trilha certeira. Criada pelo jovem músico inglês Mica Levi (também conhecido por Micachu) especialmente para o filme de Jonathan Glazer a trilha conta com uma pegada experimental e estranha para causar um desconforto agoniante no expectador.

Ouça a trilha completa aqui.

(2011)


E por último uma das minhas trilhas preferidas de todos os tempos. Formada por uma mescla entre trilha original e músicas eletrônicas formidáveis já existentes como A Real Hero, que você pode ouvir aqui em cima, de uma parceria entre as bandas Electric Youth e College e Nightcall do DJ francês Kavinsky. A trilha original também é ótima, composta por Cliff Martinez, que virou figurinha marcada nos filmes do dinamarquês Nicolas Winding Refn, compondo as trilhas de Só Deus Perdoa (Only God Forgives, 2013) e do ainda inédito The Neon Demon (2016). 

Ouça a trilha completa aqui.
10 filmes com trilhas que me encantaram 10 filmes com trilhas que me encantaram Reviewed by Elvio Franklin on 6/13/2016 08:00:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário