Header AD

The Nightmare e o Fenômeno da Paralisia do Sono


“ Uma condição caracterizada por uma paralisia temporária do corpo imediatamente após o despertar ou, com menos frequência, imediatamente antes de adormecer. ”

A primeira vez que isso aconteceu comigo eu tive certeza que ia morrer. Não lembro se foi de fato a primeira vez, ou se é apenas a primeira vez que eu lembro dessa ocorrência, mas a noite ficou marcada por uma única razão: eu nunca havia me sentido tão apavorada. 

A definição da Wikipédia sobre paralisia do sono faz com que toda a experiência se pareça menos assustadora, e, apesar de ser um fenômeno comum, nunca sou capaz de não acordar aos prantos toda vez que isso ocorre comigo. Tento mexer meu corpo, mas é como se uma força me segurasse no lugar. Grito, desesperadamente, por ajuda, mas nenhum som sai da minha boca. A urgência é real, eu preciso me mover, preciso me levantar, tudo isso porque algo muito ruim está perto de mim e eu preciso fugir. Mas não consigo.

Tudo isso motivou a mim e a meu namorado, que também sofre com a paralisia num nível menos intenso, a assistir um documentário disponível na Netflix sobre os efeitos da paralisia do sono. The Nightmare (ou O Pesadelo – Paralisia do Sono) de 2015, acompanha os relatos de oito pessoas que sofrem com a paralisia em níveis variados. Elas compartilham desde suas primeiras experiências a como é lidar com o fenômeno agora que já possuem maior compreensão sobre o assunto. Atores e atrizes reencenam as histórias contadas, e o documentário se divide em capítulos. Assim, para a minha total surpresa (e completo terror), somos capazes de “reviver” as experiências de cada entrevistado. E elas são completamente aterrorizantes.


Não me leve a mal, se você não se impressiona facilmente, ou não acredita no sobrenatural, o documentário surte o efeito de informativo e até mesmo de alívio cômico. As pessoas entrevistadas descrevem as mais incríveis e elaboradas situações, todas atribuídas a paralisia do sono, e percebe-se que elas acreditam que esse fenômeno não seja algo natural.

Até então, eu achava que a paralisia era algo que acontecia com a maioria de nós, e acreditava na definição fornecida não só pela Wikipédia, mas pelos diversos sites de saúde que aparecem quando você procura pelo fenômeno na web. Às vezes, sua mente acorda antes do seu corpo, que está paralisado para que você não saia correndo caso esteja sonhando com uma fuga. Algo na verdade muito sensato, e puramente fisiológico. Mas não posso deixar de me lembrar daquela primeira vez em que passei por essa experiência. Eu estava completamente convencida de que havia uma coisa maligna deitada sobre mim. Eu não conseguia levantar, não conseguia mover um musculo. Eu gritava desesperadamente por ajuda, para que alguém me tirasse dali, e todos os meus esforços estavam focados em conseguir me levantar da cama. Mas havia algo, que eu não conseguia ver, me impedindo de fugir.


No documentário, as histórias entre os entrevistados possuem elementos em comum, tanto entre si, quanto com minhas próprias experiências. Eles também citam os mitos sobre paralisia do sono em outras culturas, e como esse fenômeno assustador serviu de inspiração para vários filmes, incluindo A Hora do Pesadelo (A Nightmare on Elm Street, 1984), em que Wes Craven traz a vida Freddy Krueger, o vilão que só pode te pegar quando você está dormindo.

Se você procura algo científico sobre o assunto, The Nightmare talvez não seja a melhor escolha. A narrativa se baseia unicamente na vivência de cada indivíduo, e seus depoimentos são o guia das encenações. Mas, se como eu, você é alguém que acredita, e até teme o sobrenatural, este documentário é capaz te de intrigar das mais diversas formas, fazendo até com que você tema a escuridão ao fechar os olhos mais do que o normal. Eu, com certeza, temi.


---
Gabriela Machado é estudante de cinema e audiovisual na Universidade Federal do Ceará (UFC). É Roteirista, feminista e é a pisciana mais ariana que você respeita. Fã de Buffy e Teen Wolf, Gabi passa seu tempo ensinando que não se deve sentir vergonha das coisas que gostamos, nem deixar de questionar as coisas só porque gostamos delas. Melhor pessoa, em resumo.

The Nightmare e o Fenômeno da Paralisia do Sono The Nightmare e o Fenômeno da Paralisia do Sono Reviewed by Mateus Bandeira on 9/27/2016 12:40:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário