Header AD

5 séries para começar a ver no Dia das Bruxas


Na lista de hoje decidi aproveitar o clima de Halloween. Comecei a refletir que mesmo não curtindo tanto o gênero terror/horror no cinema acompanho várias séries que podem se encaixar nesta categoria. Claro que definir filmes e/ou séries em um gênero é sempre uma tarefa complicada, afinal, o que é o terror? Além do mais, é comum que os gêneros misturem-se uns aos outros e tenham ainda inúmeras variações, sem contar os subgêneros derivados. Portanto, decidi não encaixar tanto e apenas selecionei séries que, de alguma forma, seja me dando uma agoniazinha de medo ou rindo de tanta bizarrice, me remetessem ao gênero.

Percebam também que tentei fugir de algumas séries óbvias como American Horror Story, The Walking Dead ou Stranger Things, optei por séries que achei serem mais desconhecidas do público em geral, afinal de contas, de que valem recomendar séries que quase todo mundo já viu ou conhece?

Então vamos lá, vistam seus chapéus pontudos, ponham suas presas de plástico e vamos à lista:

(2014 -)


A primeira da lista talvez seja a mais despretensiosa das minhas indicações. The Strain é baseada na série de livros criada por Chuck Hogan em parceria com o cineasta mexicano Guillermo del Toro, conhecida como Trilogia da Escuridão. Na história acompanhamos o Dr. Ephrain Goodwhetrer (Corey Stoll), um agente do Centro de Controle de Doenças que descobre o início de uma epidemia causada por um parasita que transforma seus hospedeiros em vampiros. Partindo dessa premissa bem simples um grupo bastante peculiar é formado para combater a doença e quem as controla. Eu sempre acabo comparando a série com The Walking Dead, só que com vampiros ao invés de zumbis, além de ser muito mais despojada, enquanto TWD presa pelos conflitos sociais e psicológicos do grupo de personagens The Strain traz seitas secretas antigas, artefatos místicos, vampiros nazistas e um velho milionário que ambiciona a imortalidade. A série teve sua terceira temporada exibida este ano pelo canal FX e já foi renovada para um quarto ano.


(2013 -)


Bates Motel é uma série que serve de prequela, ou seja, conta os eventos anteriores, ao clássico e enigmático filme Psicose (Psycho, 1960), dirigido pelo mestre do suspense Afred Hitchcock. Na série conhecemos o jovem Norman Bates (Freddie Highmore) e sua mãe Norma (Vera Farmiga, em uma performance inigualável) ao tornarem-se proprietários de um velho hotel de beira de estrada em uma pequena cidade do interior dos Estados Unidos. O mais interessante da série é acompanhar a singular relação de Norman, um jovem tímido e tranquilo, com sua mãe super protetora e observar o que causou sua transformação no Norman Bates que vimos no filme. A série trata disso muito lentamente, incorporando diversos personagens e subtramas que por vezes enriquecem e por outras servem apenas para atrasar o desenrolar da história. Mas o maior desafio de Bates Motel é tornar interessante uma história da qual já sabemos o fim, que se dará no ano que vem em sua quinta temporada.


(2012 / 2015)


Les Revenants é uma série de origem francesa, baseada no filme Eles Voltaram (Les Revenants, 2004). que fala sobre uma pequena cidade cercada por montanhas do interior da França onde algumas pessoas que já haviam morrido em épocas variadas reaparecem misteriosamente e tentam continuar suas vidas normalmente. Não se trata de uma história tradicional de zumbis, pois essas pessoas não tem nada de diferente em suas aparências a não ser o fato de voltarem da mesma idade com que haviam morrido.  É muito interessante acompanhar quais as reações dos parentes ao se depararem com tal situação, além da dos próprios retornados. A série ainda conta com uma fotografia de uma coloração fria e que se beneficia do belo cenário para criar um clima de suspense incrível. A primeira temporada da série teve início em 2012 e sua segunda e infelizmente última temporada só veio a acontecer apenas em 2015, após umas longa espera de três anos. Também em 2015 estreou a versão americana, The Returned, produzida por Carlton Cuse, que após não conseguir obter o êxito do material original foi logo cancelada.    

(2015 -)


Ash vs Evil Dead é uma continuação da clássica trilogia de horror trash de Sam Raimi composta por Uma Noite Alucinante: A Morte do Demônio (The Evil Dead, 1981), Uma Noite Alucinante 2 (Evil Dead II, 1987) e Uma Noite Alucinante 3 (Army od Darkness, 1993). A série basicamente traz novamente o icônico anti-herói Ash (Bruce Campbell, que não perdeu o gás desde os anos 80) novamente tendo que lidar com demônios e monstros os mais bizarros possíveis das maneiras mais absurdas que você pode imaginar, invocando e ainda expandindo o humor grotesco dos dois últimos filmes da trilogia original, além de litros e mais litros de sangue. A série teve sua segunda temporada exibida este ano pelo canal Starz e volta ano que vem para sua terceira temporada.  

(2013 - 2015)



Lembro que quando soube da produção de uma série sobre o maior psicopata do cinema fiquei naturalmente com um pé atrás, afinal seria quase impossível encontrar um interprete à altura de Sir Anthony Hopkins em uma das melhores atuações e um dos melhores personagens que eu já havia visto. Mas qual não foi minha surpresa ao terminar a primeira temporada tendo na série uma das minhas preferidas de todos os tempos. Mads Mikkelsen conseguiu, não igualar, mas fazer uma nova leitura do personagem tão boa quanto a de Hopkins. Além disso a série apostava em um estilo de narrativa e estética que beiravam o surreal e a abordagem psicológica da relação entre as personagens era tratada de forma complexa, mas magistral. A história da série inicia antes dos eventos contados em Dragão Vermelho (Red Dragon, 2002), terceiro filme, mas primeiro livro, e cronologicamente primeira história, sobre o canibal, quando o agente do FBI Will Graham (Hugh Dance na série, também ótimo por sinal, e Edward Norton no filme) pede ajuda do Dr. Lecter para solucionar um caso de serial killer sem ainda conhecer a natureza psicopata do mesmo. Infelizmente a série não teve uma boa aceitação do público, talvez por sua complexidade ousada, e foi cancelada ainda em sua terceira temporada que foi transmitida em 2015.

Leia aqui minhas impressões na época em que assisti o piloto da série     

Bem, é interessante mencionar algumas séries de terror/horror/suspense que tenho vontade de ver:
- Penny Dreadful (2014 - 2016) - vi apenas a primeira temporada e fiquei um pouco decepcionado, mas tenho vontade de voltar a ver por motivos de Eva Green;
-  Hemlock Grove (2013 - 2015);
- Scream (2015 -);
- Outcast (2016 -);
- The Exorcist (2016 -) - fiquei meio bolado quando soube da adaptação e vi o trailer, mas algumas pessoas já vieram me falar que tá bem legal.

----

Elvio Franklin
Estudante de cinema formado em História. É viciado em listas, roer as unhas e em assistir mais filmes e séries do que parece ser possível. Tem mais projetos do que tem tempo pra concretizá-los. Odeia a Gwyneth Paltrow, a Sandra Bullock e filmes de dança, mas ama Dirty Dancing. Apaixonado por western, filmes de gangster e distopias.

5 séries para começar a ver no Dia das Bruxas 5 séries para começar a ver no Dia das Bruxas Reviewed by Elvio Franklin on 11/01/2016 12:11:00 AM Rating: 5

Nenhum comentário