Header AD

5 motivos para assistir Irmão do Jorel



Se você é um amante da animação, adora os desenhos nonsense do Cartoon Network, mas nunca viu Irmão do Jorel (2015 -), tem alguma coisa errada. Trata-se de uma série animada brasileira criada por Juliano Enrico e co-produzida pelo Copa Studio e Cartoon Network Brasil. A série é ambientada nos anos 80 e gira em torno da vida de um menino ofuscado pela popularidade do seu irmão mais velho, razão dele ser conhecido apenas como o “Irmão do Jorel”. O garoto está em busca de sair da sombra de seu irmão e construir sua própria identidade, o que faz com que ele passe por diversas situações inusitadas, tanto na escola com a sua melhor amiga Lara, como em sua excêntrica família, composta pela sua mãe, seu pai, dois irmãos mais velhos e duas avós.

Irmão do Jorel atualmente possui duas temporadas com 26 episódios de 11 minutos. Em maio de 2017 a série foi renovada para uma terceira temporada que já está em produção, mas ainda não tem data de estreia. Se essas informações ainda não foram o suficiente para você ir agora assistir a essa obra seriada maravilhosa, vou listar 5 motivos que provavelmente irão te convencer de vez.



1 - É uma série de animação brasileira 

Essa informação já foi dita no começo do texto, mas trago aqui de novo porque merece um destaque. Você sabia que Irmão do Jorel é a primeira série de animação original da Cartoon Network totalmente brasileira? Sim, exatamente isso! Já estamos cansados desse papinho de que o Brasil não produz conteúdo bom, não é mesmo?. Quanto mais consumirmos produtos nacionais, mais a gente estimula a nossa indústria audiovisual a produzir coisas novas e ganhar espaço no mercado. O Brasil tem passado por um grande crescimento na produção de animações, entre séries, curtas e longas. Só no ano de 2017 foram lançados 7 longas de animação no país, o maior número em 22 anos. Ou seja, tem uma galera fazendo muita coisa boa, então é importante que a gente conheça e valorize o que tem sido feito por aqui. 

2 - Agrada todo o tipo de público

Sabemos que muitas séries animadas são feitas para os públicos infantil e infanto-juvenil, mas isso não impede que pessoas de fora dessas categorias apreciem esse tipo de conteúdo. É o que acontece no caso de Irmão do Jorel, que tem como público-alvo crianças de 7 a 11 anos, mas que acabou conquistando o carinho de pessoas de todas as idades. A série possui personagens infantis, adolescentes e adultos bem construídos e divertidos, além de mostrar situações do cotidiano da família que podem ser semelhantes ao que acontece ou já aconteceu nas nossas vidas, o que facilita a identificação com outros públicos para além das crianças. 



3 - Tem muitas referências

Esse terceiro motivo é com certeza uma das causas da série agradar diferentes tipos de público. Os episódios de Irmão do Jorel são recheados de referências aos anos 80 e a cultura pop e isso não prejudica de maneira nenhuma a experiência das crianças que são o público-alvo. Um passatempo muito interessante é rever os episódios e tentar encontrar o máximo de referências que conseguir porque é impossível identificar todas assistindo só uma vez. Algumas referências são bem claras e engraçadas, como o personagem Steve Magal, que faz alusão ao ator Steven Seagal e ao cantor Sidney Magal; já outras são mais “discretas” e retratam alguns problemas sérios do Brasil, como o fato do pai do irmão do Jorel ser um ex-revolucionário que lutou contra um governo de palhaços vestidos de militares. Alguém disse ditadura militar? Opa. Bom, tem referência de sobra para ninguém colocar defeito. A gente gosta assim. 

4. Ótimos personagens

Sabe aquela série que você simplesmente não consegue decidir qual é o seu personagem favorito? Pois é, Irmão do Jorel é exatamente assim. A série possui muitos personagens bons, com personalidades bem diferentes e definidas. Tem aqueles com os quais você se identifica e é ele na vida, como o próprio irmão do Jorel, mas também tem os que são tão maravilhosos e fofos que você quer guardar em um potinho para sempre, que é o que acontece com a rainha da série, a Vovó Juju. Ainda encontramos personagens surreais que nos ganham pela esquisitice, como o pato Gesonel - o mestre dos disfarces - e o Mendigo dos Mares, com seu visual icônico de cabelo loiro oxigenado e garrafas pet amarradas nas costas. Conforme você assiste os episódios, parece que vai criando uma amizade com os personagens e acaba sofrendo quando algo ruim acontece com eles, fica triste quando eles ficam tristes (Juliano, tenha dó da gente). Cada um tem a sua peculiaridade e é muito legal ver como isso é bem trabalhado na série. 



5. As vozes 

Se tem uma coisa em Irmão do Jorel que chama logo a nossa atenção, essa coisa é o trabalho de voz original, que é diferente de dublagem. A dublagem só acontece quando um ator substitui a voz de um personagem que já foi criado em outra língua. Portanto, chama-se voz original quando os atores criam as vozes para os personagens, ajudando o animador a compor a expressão corporal de cada um. Esse processo normalmente é feito antes da animação ficar pronta, justamente porque o animador precisa do trabalho de voz para compor o personagem. Isso acontece em Irmão do Jorel e a pessoa que comanda esse processo é a diretora de voz Melissa Garcia, que é atriz, dubladora e especialista em voz original. 

O trabalho de voz é um dos fatores que contribui para que os personagens dessa série sejam tão bem construídos e com personalidades bem marcadas. A própria Melissa Garcia faz a voz de mais de uma personagem, sendo elas: Lara, Ana Catarina e a tão querida Vovó Juju. É interessante uma mesma pessoa fazer a voz de mais de um personagem, pois quando estamos ouvindo, podemos nem perceber e isso enriquece a experiência e atiça nossa curiosidade para aprender sobre esse trabalho incrível que os atores fazem. 

Eu preciso mencionar o Andrei Duarte que é quem faz a voz do irmão do Jorel. Apenas digo que o trabalho de voz dele é de tirar o fôlego! Quer entender o porquê? Então corre pra assistir!

----

Carolina Carlini
Formada em Cinema e Audiovisual Carlini, ou Carolcol para os íntimos, é animadora, roteirista e dona das melhores tiradas no site Twitter. Por fora parece a Docinho mas por dentro é a Lindinha das Meninas Super Poderosas, inclusive no tamanho. Carol é a única pessoa do mundo que nunca viu Dragonball e não entende quem não acha graça do Último Programa do Mundo.
5 motivos para assistir Irmão do Jorel 5 motivos para assistir Irmão do Jorel Reviewed by Elvio Franklin on 4/02/2018 12:39:00 PM Rating: 5

3 comentários

  1. Sobre referências: o poster do "menudor" na garagem é a melhor!!!! kkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Show de bola a reportagem e a animação!
    Vale muito a pena!

    ResponderExcluir
  3. Sou super fã! Adoro o irmão do Jorel e a vovó Juju!

    ResponderExcluir