Header AD

Cenas que mais me marcaram no Cinema - Parte 6 | Miguel, o Legalzão



Já começo com a confissão de que fazer essa lista rendeu muito choro por parte de mim em cada uma das cenas. Eu cresci com cinema, e cinema sempre foi o que me manteve forte para sobreviver a cada dia, essas 10 cenas são um resumo do que passa em meu coração.

"Um mago nunca se atrasa"


Eu era criança quando assisti a O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel (Lord of the Rings: the Fellowship of the Ring, 2001), depois daquela introdução com a Guerra do Anel e a história de Isildur e a queda dos homens, eu esperava que seria toda naquele tom. Por isso que essa cena fica comigo, porque a coisa que eu mais gosto nessa saga não são as batalhas, e sim os personagens incríveis. E entre esses, os Hobbits, que com seu estilo simples ganharam o meu coração.

“A step you can’t take back”


Essa cena define muito a forma como eu vejo o mundo. Minha cabeça é capaz de colocar magia onde não tem e o mundo fica mais mágico. Pegando as coisinhas comuns do dia a dia e transformando com um belo arranjo.

"Sweet Child O' mine"


Capitão Fantástico (Captain Fantastic, 2016) é um filme lindo do começo ao fim, a forma como seus personagens olham para o mundo me fez adotar um pouco disso para a minha vida. Esse é um bom exemplo do que me faz amar esse filme, fora que essa cena me fez aprender a tocar violão, algo que não vivo sem.

"Primeiro voo"


Pra mim um dos maiores exemplos de amizade do cinema é Banguela e Soluço. Dragão e humano, raças que se odeiam mas que, em pequenas demonstrações de confiança, acabaram criando um laço maior que qualquer tradição. A cena do primeiro voo é o ápice dessa amizade, já que Banguela não pode voar sem controle de Soluço e se o mesmo não tiver apoio do dragão, ambos caem e morrem. Uma cena linda em que instinto e amizade se provam mais fortes que tudo.

"Spider-Man vs. Doc. Octopus"


Uma cena que não tem tanta emoção atrelada, mas foi a primeira vez que eu vi meu herói preferido no cinema. E ver o Homem-Aranha tão real e tão único me fez gritar muito no cinema. Ela continua muito bem feita, mesmo nos dias atuais, e certamente é uma das melhores cenas do personagem no cinema.

"(Re)encontro"


Eu acredito no amor. Your Name (Kimi no na wa., 2016) é um filme sobre amor único, que mostra como essa força universal está além de preconceitos, leis, e do tempo. Nada segura um grande amor, nem a vida, nem a morte e nem o tempo. O final de Your Name é a consequência de tudo o que você assistiu, e onde culmina a sua jornada com esses personagens. E que seja você quem for, Your Name te faz querer que o amor deles se concretize.

"Chegada"


Speed Racer (2008) é um filme injustiçado por ser único. Foi um filme que me cativou por suas cores e seus efeitos insanos. E muito pela paixão demonstrada, já que muito no filme se fala sobre a paixão do protagonista e do seu irmão pelas corridas de carros. O final dessa grande corrida é o momento que Speed Racer tem para provar a si mesmo e para o mundo que paixão é o suficiente para ser bom no que faz, desbancando todo o dinheiro e trapaças de grandes corporações.

"O retorno do Aranha"


Certamente um filme mediano. Eles acertaram em poucas coisas, mas acertaram no Homem-Aranha. Essa, que foi uma das cenas que eu mais chorei no cinema, pra mim, representa o que um herói tem que ser num imaginário popular. Um exemplo a ser seguido, um raio de esperança que nos faça repensar nossas atitudes e tornar o mundo um lugar melhor.

"20 segundos de coragem insana"


Provavelmente a cena mais importante da minha vida. “20 segundos de coragem mudaram a minha vida” eu costumo dizer, porque desde que assisti a esse filme, eu adotei a regra dos 20 segundos. Ela diz que quando você estiver diante de uma situação assustadora, você só precisa de 20 segundos da mais insana coragem que conseguir juntar, e é garantido que alguma coisa grande vai acontecer. Eu comprovo, elas acontecem sim.

"Lembre de mim"


Quando eu assisti Viva: A Vida é Uma Festa (Coco, 2017), minha avó havia sido diagnosticada com um câncer no pulmão em estágio avançado. A ida dela já estava próxima. Aí eu vou assistir um filme que o protagonista e eu dividimos o nome e a paixão pelo violão. E, bom, minha avó amava me ouvir tocar enquanto estava de cama por causa do câncer. Eu tive a oportunidade de tocar "Lembre de Mim" para ela. E dar a garantia de que ela nunca, jamais, será esquecida.

----

Miguel, o Legalzão
Estudante de Publicidade na Universidade de Fortaleza, renomado assistente oficial do Agnaldo, do podcast Agnaldo Indica, Miguel é o Sonserina mais Lufa-Lufa que se tem notícia. Como a própria alcunha já indica, ele passa a maior parte do seu tempo tentando ser o mais legal possível. E quase sempre consegue. Chora fácil, adora video-game, Newt Scamander e o canal Coisas Que Nunca Vivi (ou evitava viver).
Cenas que mais me marcaram no Cinema - Parte 6 | Miguel, o Legalzão Cenas que mais me marcaram no Cinema - Parte 6 | Miguel, o Legalzão Reviewed by Elvio Franklin on 1/14/2019 01:40:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário