Header AD

9 vezes em que The Walking Dead surpreendeu os fãs


- obviamente contém vários spoilers de The Walking Dead -

Após o episódio passado de The Walking Dead (S09E05), achei que valeria a pena relembrar alguns dos momentos mais intensos que nós passamos durante as 9 temporadas. Vale lembrar que essa lista é uma opinião pessoal, e tem relação direta com a minha interação com a trama e a minha afeição pelos personagens da série:


1. Quando a Amy foi mordida saindo do trailer no primeiro acampamento num momento de muita tranquilidade

Ainda na primeira temporada, a morte de Amy (Emma Bell) significou uma longa lista de mortes inesperadas, e também reiterou o fato de que ninguém está a salvo, principalmente se você não sabe se defender. Como a primeira temporada tem apenas seis episódios, e eu a considero uma das melhores da série, já a assisti várias vezes, e essa cena nunca falha em me emocionar.

2. Quando Dale estava fazendo patrulha e foi mordido por um zumbi que Carl perturbou no pântano

A morte do Dale (Jeffrey DeMunn) é um ponto muito difícil para mim, porque admirava muito o personagem dele, e o relacionamento dele com o Glenn (Steven Yeun) e a Andrea (Laurie Holden). É ainda mais difícil porque, apesar de o Carl (Chandler Riggs) ainda ser uma criança na época, não consigo não sentir raiva da estupidez dele em ter ido literalmente brincar com o zumbi preso no pântano (pra quem não lembra, o Carl joga pedras no zumbi), fazendo com o que o bicho pegasse gás e eventualmente se soltasse, levando a morte de Dale.


3. Quando achei que a Judith tinha sido comida por zumbis na prisão

Pros fãs dos quadrinhos essa pode ser uma decepção, já que a Judith morre na HQ, mas eu fiquei muito feliz quando vemos ela nos braços do Tyreese (Chad L. Coleman) no episódio seguinte. Ainda lembro do sofrimento de Rick (Andrew Lincoln) e Carl quando eles encontram a cadeirinha dela toda suja de sangue na prisão, e me emocionei muito na primeira vez que vi a cena.

4. Quando o Rick reencontrou o Morgan após a morte do Dwayne e ele perdeu a cabeça

Morgan (Lennie James) é, e sempre será, um dos favoritos, mesmo com toda aquela questão dele bem difícil de não querer matar as pessoas nas temporadas anteriores. Quando eles têm seu primeiro encontro após o episódio um, eu fiquei arrasada ao saber que o Duane (Adrian Kali Turner) tinha morrido, e que o Morgan não ia acompanhar o Rick na sua jornada. Fico feliz que eles tenham se encontrado de novo mais pra frente, mesmo que o arco dele tenha ficado cansativo e que agora ele não esteja mais na série.


5. Quando o governador matou o Hershel na frente da Maggie e da Beth

Todo esse episódio da destruição da prisão é uma tristeza, porque eu estava convencida de que as coisas iam ficar bem, e aí coitado do Hershel (Scott Wilson), coitada da Maggie (Lauren Cohan) e coitada da Beth (Emily Kinney). Não bastava todas as mortes que já tinham acontecido desde então, essa foi uma das mais doloridas. Hershel era um personagem muito querido pelos fãs, e foi muito bom revê-lo durante a despedida do Rick no episódio 5 da nona temporada.

6. Quando achei que a Beth ia ficar bem só pra ver ela levando um tiro na cabeça na frente do grupo

O que me pega nesse episódio é a estupidez dessa morte. Beth leva um tiro acidentalmente, quando ela já estava a salvo, já tinha reencontrado o grupo, prestes a ver sua irmã. Qual foi o sentido disso? Chocar o espectador? Eu fiquei sim chocada mas de um jeito ruim, a morte dela foi na verdade um grande desperdício de um recurso emocional que poderia ter sido utilizado mais pra frente.


7. Quando o Noah ficou preso na porta giratória e foi comido vivo na frente do Glenn

Eu não tenho nem palavras. Noah (Tyler James Williams) era um anjo de pessoa e merecia coisa melhor que isso.

8. Quando o Glenn sobreviveu por providência divina se escondendo embaixo da caçamba de lixo, só pra voltar e ser morto pelo Negan

A falsa morte do Glenn na caçamba de lixo foi de acabar com o meu coração, porque eu acreditei de verdade nela. Acreditei que ele estava sendo comido vivo. Acreditei que ele não ia encontrar mais a Maggie. Não só foi muito mentirosa a forma como ele sobreviveu, como tirou parte do peso da morte verdadeira dele nas mãos de Negan (Jeffrey Dean Morgan).


9. Quando o Rick (também) não morreu, mesmo com sua morte anunciada aos quatro ventos

Quando eles anunciariam que o Rick ia morrer no episódio 5 da nona temporada, terminando o episódio 4 com ele empalado numa pedra perdendo sangue cercado por zumbis, fazendo com que eu escrevesse um texto esculhambando a série só pra eles chegarem e falarem “pegadinha do malandro, ninguém morreu, toma aí três filmes”.

Tem toda uma resenha sobre isso aqui no site. Aliás, você pode conferir resenhas de todos os episódios da nona temporada até agora aqui no site. Elas estão saindo semanalmente. Por que você ainda não foi conferir? Vai lá conferir nossa resenha.

----

O que mais você acrescentaria nessa lista? Esqueci de algo que você considera muito importante? Fala pra gente, e não deixe de compartilhar essa lista com os amigos que também são fãs e acessar a nossa resenha do episódio 5 da nona temporada.

----

Gabriela Tortelli
Estudante de cinema e audiovisual. É aspirante a roteirista, feminista e é a pisciana mais ariana que você respeita. Fã de Buffy, Harry Potter e Brooklyn 99, Gabi passa seu tempo ensinando que não se deve sentir vergonha das coisas que gostamos, nem deixar de questionar as coisas só porque gostamos delas.
9 vezes em que The Walking Dead surpreendeu os fãs 9 vezes em que The Walking Dead surpreendeu os fãs Reviewed by Elvio Franklin on 11/11/2018 03:27:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário